Criança não resiste após se afogar na piscina em Porto Seguro


Uma criança de dois anos não resistiu após se afogar na piscina na manhã desta sexta-feira (9) no bairro Parque Ecológico em Porto Seguro.


A criança chegou a ser transferida para o Hospital Geral do Estado em Salvador, com batimentos cardíacos, mas não resistiu.

A avó Maria Gilda Alves, conta que estava com a neta Hadassa Sena Szigety na casa da irmã quando perdeu a menina de vista. Minutos depois, aproximadamente às 9h, viu o corpo da criança boiar na piscina.

No momento do afogamento, estavam na casa de dois pavimentos A avó a sua irmã, identificada Sidneia Alves e dona do imóvel, e a bisavó da criança.
A avó da Hadassa conta que estava com a mãe quando sentiu a ausência.

Maria costumava visitar a irmã com a neta com frequência, mas afirma que o dia do afogamento foi o primeiro de Hadassa na piscina.

A família chegou a acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Foi um sobrinho, no entanto, que levou a menina ao Hospital Luís Eduardo de Porto Seguro.

A família diz que como não havia UTI infantil disponível na cidade, a menina foi transferida e chegou à capital por volta das 23h de sexta-feira (09).

A mãe da criança , Geruza Sena, mora na Itália há três meses, e depois de receber a ligação de Maria, está a caminho do Brasil.

“Ela trabalha com limpeza lá, mandava um dinheirinho para a menina”, conta Maria. Antes de partir para a Europa, pediu à mãe que se encarregasse um tempo da criação da menina. O pai da criança é argentino e não tinha contato com a filha.

O enterro será em Porto Seguro, onde a criança nasceu. O caso também será investigado pela delegacia de Porto Seguro.

Por namidianews

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Aqui

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534