Porto Seguro- uma cidade Maravilhosa

Porto Seguro é a cidade mãe do Brasil

A Marinha do Brasil Emite nota de agradecimento e informa que durante a passagem da Tempestade Tropical não foi registrada nenhuma solicitação de Busca e Salvamento de embarcações no país


A Marinha do Brasil, por meio da Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), agradece ao Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e ao Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE) pela colaboração na elaboração das previsões associadas à Tempestade Tropical “Iba”, e a todos os veículos de imprensa pela ampla divulgação, que contribuíram significativamente para a segurança da navegação e, em especial, para a salvaguarda da vida humana no mar. 


A Marinha do Brasil emprega diversos canais para a divulgação de seus produtos meteorológicos, tais como transmissões por satélite via sistema SafetyNET, radiofac-símile meteorológico, radiotelefone, radiodados, site (www.marinha.mil.br/chm), página no Facebook (@servicometeorologicomb) e telefone.

 Porém, o alcance dos veículos de imprensa se constitui em um valioso aliado, ao possibilitar acesso direto aos pequenos navegantes, que se fazem ao mar em regiões mais próximas da costa e com menor acesso aos demais canais de comunicação. Por essa razão, a mídia é um vetor de informações que contribui para salvar vidas e garantir a integridade das embarcações nacionais e estrangeiras que trafegam pela costa brasileira.

 Como é tradição na Marinha do Brasil, são hasteadas duas bandeiras nos mastros dos navios sempre que se deseja cumprimentar uma manobra bem realizada ou um feito que mereça reconhecimento. São as bandeiras BRAVO (letra “B”) e ZULU (letra “Z”), que, em par, correspondem à expressão “bem realizado”. Dessa forma, a Marinha do Brasil cumprimenta os veículos de imprensa com nosso “BRAVO ZULU” pelo apoio prestado com a divulgação das previsões e dos Avisos de Mau Tempo emitidos pelo Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) durante o transcurso da Tempestade Tropical “Iba” pelo litoral brasileiro, ressaltando que não foi registrada nenhuma solicitação de Busca e Salvamento de embarcações no país que tenha decorrido de condições adversas de tempo e mar provocadas pelo fenômeno. Reafirmamos, assim, nosso compromisso de estarmos sempre prontos a prover informações de segurança marítima na área de responsabilidade do Brasil e desejamos que essa profícua parceria com os veículos de imprensa continue evidente em futuras ocorrências dessa natureza.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

ad

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534