Câmara de vereadores não comportou o público que foram na seção para protestar


A câmara de vereadores de Porto Seguro não comportou o número de pessoas que foram na seção na manhã desta quinta feira 14/06/2018 para protestar.

Inicialmente o protesto era dos servidores púbicos que são contra o Projeto de Lei que  poderá diminuir salários e retirar direitos adquiridos dos servidores. o projeto foi retirado e deverá ser colocado em pauta nos próximos dias.


Também houve grande manifestação do público quando o vereador Kempes Neville ( Bolinha) falou do seu projeto de Lei Nº 023/2018 que foi colocado em pauta e que Dispõe sobre a vedação do ensino de ideologia de gênero para crianças e adolescentes na rede de ensino do município de Porto Seguro.



Representantes do partido PSOL protestaram contra o projeto e vaiaram o Edil, enquanto um numero maior de pessoas que estava presentes aplaudiram a atitude do vereador e seu projeto.

Alguns trabalhadores rurais que moram em uma área nas imediações do Anel viário também fizeram o pequeno protesto pedindo ajuda aos vereadores sobre o pedido de reintegração de posse nas terras.

No intuito de melhorar o clima o vereador Robson Vinhas, chegou até a convidar o povo para o São João no Cambolo, mas o povo não se importaram para o convite e continuaram o protesto.


Na frente da Câmara foi colocado um mini trio onde os representantes dos sindicatos realizaram uma seção e decidiram fazer uma grande paralisação dos funcionários públicos na próxima quinta feira.


O público foi grande que centenas de pessoas tiveram que ficar do lado de fora da câmara. 















































































Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Aqui

ad

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534